Author: César, Valéria, Lara e Anaclara
•12:12


Nova notícia no site do CIC. Será que poderemos ter alguma mudança futura?

Government of Canada consults Canadians on economic immigration priorities

Ottawa, March 16, 2010 — As the economic recovery gains momentum, Citizenship, Immigration and Multiculturalism Minister Jason Kenney today launched consultations to identify Canada’s new and emerging labour market needs and how immigration can best respond to them.
The Government of Canada is seeking the views of Canadians on how to help lead Canada to full economic recovery from the global recession. These consultations will look at worker shortages in trades and professions across Canada as well as the factors that affect an immigrant’s ability to succeed in Canada’s work force.
The consultations will help develop instructions to immigration officers on which economic immigration applications are eligible for processing. As part of the Action Plan for Faster Immigration, the first set of instructions was issued in November 2008 as a tool to keep the backlog of applications from growing, to reduce wait times for new applications and to better match new economic applicants to Canada’s labour market needs.
“The Action Plan for Faster Immigration is designed to make immigration more responsive to Canada’s economic conditions. When these conditions change, the instructions are meant to change too,” said Minister Kenney. “The first set of instructions has had a significant impact, but our research shows it is time to revise them to make sure they continue to meet their goals.”
Before the Action Plan for Faster Immigration was introduced, the backlog in the federal skilled worker category stood at more than 600,000 applicants, and that number has gone down by almost 40 per cent. People applying now to the federal skilled worker program can expect to receive a decision within one year compared to six years under the old system.
The consultations will be held with national and regional stakeholders, provinces and territories and the general public between now and April 16, 2010. If you wish to provide input, visit the online consultation.

Fonte: http://www.cic.gc.ca/english/department/media/releases/2010/2010-03-16.asp

E a vida segue...
|
This entry was posted on 12:12 and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

7 comentários:

On 19 de março de 2010 02:00 , Pati disse...

Olá César, li a notícia e até respondi o teste, mas não acho que isso implique em mudanças pelo menos a curto prazo. As perguntas da consulta pública são bem simples e o ponto mais interessante na minha opinião é quando perguntam se estamos de acordo com a lista de profissões e quais outras podemos sugerir para os próximos 5 anos.
É aguardar para ver...

Abraço!

 
On 19 de março de 2010 13:56 , Fabiana e Wanderson disse...

Olá César, eu gostaria de tirar umas dúvidas. Eu tenho vontade de ir para o canada, por isso estou estudando o inglês, logo estarei no intermediario, mas no caso tenho meu esposo que estou tentando convence-lo de fazer ingles tbm, mas eita coisinha dificil. Tá, é o seguinte, eu queria saber quais as cidades mais recomendada, Toronto, Vancouver, Ottawa, Ontário, Qual vc me indicaria. E tbm, por exemplo 3 caminhos estao sendo tomados, 1- autorizacao de Deus, 2- Ingles, 3- Pesquisa e mais pesquisa. o 4 ai q tortura nem coloco ele em questao mais é convencer meu marido.
Ta mas o q vc me diria em que me orientaria nesta questao de imigracao tbm. Desde já agradeco.

By Fabi

 
On 19 de março de 2010 13:57 , Fabiana e Wanderson disse...

Não sei se vai poder me ajudar mais derrepente vc conheca bem e possa me indicar. Agradeco

 
On 19 de março de 2010 14:51 , Jean Adeodato disse...

Olá,

Parabéns pelo Blog.

Estamos no processo de Quebéc e esperamos imigrar ainda este ano.

Abraço.

Jean e Tissy
http://searacanada.blogspot.com/

 
On 19 de março de 2010 18:06 , Família Ramos disse...

Grande César,

Acho que a curto prazo não muda muita coisa. Na prática o que eles precisavam era valorizar mais a experiência de quem já é diplomado e trabalha em uma área de necessidade no Canadá, ao invés de exigir mil títulos para aceitar o imigrante e depois dizer que esses mesmos títulos não servem muita coisa depois que se chega lá.

Abração meu amigo e meus pêsames pelos Sharks.

Alessander

 
On 20 de março de 2010 16:20 , THE GLS IN CANADA disse...

ola cesar, os episodios não estao completos na verdade, pois sao 17 episodios que completam 32 horas de filme, sao em 3 series, sendo que eu estou postando somente a 1.
bom ja fiquei sabendo que a biblioteca de toronto tem a serie completa para alugar, sendo que para comprar custa em torno de 700 dolares..eu estou postando mais como uma curiosidade pois muitos nao tem nem ideia como
surgiu o Canada , alias nem os
canadenses,,rs... bjs

 
On 25 de março de 2010 08:09 , Claudia e João disse...

so em diminuir o tempo dos processos, o favor ja eh grande :)

abracos!