Author: César, Valéria, Lara e Anaclara
•09:29


Quando decidimos imigrar pensei em como levar nossos bichinhos de estimação. Por mim levaria todos, porém à medida que a ficha caia começamos a procurar bons lares para eles. Ainda continuei querendo levar nossa tartaruga e cheguei a procurar informações sobre o que seria necessário para levá-la. Só que um dia pensei no tanto que adoro esse bichinho, afinal são 12 anos conosco, e vi que seria triste submetê-la a uma viagem desgastante pra um país com clima diferente e tudo o mais. Graças a Deus encontramos uma senhora que tem uma espécia de fonte em casa com várias carpas e cujo sonho era ter uma tartaruga. Finalmente tinhamos encontrado alguém que cuidaria dela com amor e carinho.
Ontem fui deixá-la no novo lar e foi ótimo ver como ela adorou estar num lugar espaçoso onde poderá ter uma vida ótima. Minhas meninas choraram muito e eu também fiquei triste pois parece mentira, mas aquele bicho não podia me ver chegar em casa e já vinha me procurar. Juro! Não tô mentindo. Ela vinha igual louca subia no meu pé só sossegava quando a alimentava.
Teremos muitas saudades dela, mas a nova dona já me falou pra deixar o e-mail que sempre vai dar notícias de como ela anda, o que vai ajudar muito.

E a vida segue...
|
This entry was posted on 09:29 and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

19 comentários:

On 17 de janeiro de 2010 10:17 , inertia disse...

2h depois de sair de casa em rumo ao aeroporto eu já estava arrependida de ter posto meus gatos naquela situação...
Então às vezes é melhor mesmo deixar no Brasil. :)

 
On 17 de janeiro de 2010 11:11 , Família Marcondes disse...

Oi Cesar,
que bom que encontraram um lugar tão legal pra ela!
Eu também já tive duas tartarugas como a sua. É impressionante como elas são rápidas! rs.
Fico feliz por vocês e pela tartaruga.

Abçs

 
On 17 de janeiro de 2010 12:08 , Nê & Lelê disse...

Oiee!!

Realmente as vezes temos q pensar melhor pelos bichinhos q amamos tanto se vale a pena submete-los nesta loucura nossa. Fico feliz por ter encontrado um lar para a tartaruguinha com certeza ela será bem cuidada.

Bjinhuss

 
On 17 de janeiro de 2010 13:02 , Igor (Projeto Canada 2012) disse...

é complicado msm!!!
Tb amo os animeis!!
Mas meu dog vai ir junto ;)

MAs como no seu caso era uma tartaruga... ai é bem mais complicado!!!
Mas foi otimo o lar que vc achou!

Tudo de bom!

 
On 17 de janeiro de 2010 18:45 , THE GLS IN CANADA disse...

que pena deixar pra tras , mas realmente tem coisas que não podemos pensar so na gente e pensar neles tb. Decisão acertada e que bom que vao poder ter noticias dela, afinal a gente se apega mesmo ne. Eu nao sei como sera com meu gatinho, sera que meus irmãos irao cuidar direito?? aiii...boa sorte.bjs

 
On 18 de janeiro de 2010 02:47 , disse...

Oi César!!
Tb. terei q. deixar meus dois cágados. SNIF... mas, como vc. sempre diz... a vida segue... e temos q. ter desapego mesmo.
Abraços

 
On 18 de janeiro de 2010 06:53 , Mari disse...

As vezes é melhor deixar no Brasil, mas a gente sempre fica com um certo sentimento de culpa. Meu cachorro foi para a chácara da minha irmã. Sempre que eu viajava ele ficava lá e já estava super acostumado com a caseira e a cadela que vive na chacara.
Agora meu cunhado me ligou dizendo que ele está com hernia de disco. Ele ja teve este problema antes e agora voltou. E eu fico aqui pensando se nao deveria te-lo trazido comigo e estar cuidando dele. Eu sei que todo mundo esta cuidando e que ele vai pra casa da minha mãe enquanto estiver doente, mas o peso na consciencia nao me deixa.
Imagino que as meninas estejam tristes porque pelo jeito a tartaruga as viu nascer, rs. Mas acho que vai ser melhor para o bichinho.
bj

 
On 18 de janeiro de 2010 06:59 , suandofrio disse...

Oi César,

só quem tem bicho de estimação sabe como você se sente. Aqui nós temos um cachorrinho da raça Duschthund (salsichinha) e vamos levá-lo. Mas sempre que penso no dia D me dá uma angústia danada porque todos nós sabemos que para as empresas aéreas, eles são apenas mais umas malas. E todo mundo sabe o "tratamento fino" que nossas bagagens recebem.

Mas ainda bem que vocês conseguiram arranjar um lar pra tartaruguinha aí. Muita sorte mesmo.

Abração e tudo de bom!
Casão
http://suandofrio.wordpress.com

 
On 18 de janeiro de 2010 09:14 , Sandro e Família disse...

César,

Entendo o que sentiu no momento da despedida, mas o importante é que encontrou alguém que vai cuidar com carinho do seu bichinho.

Quando se estabelecerem por aqui vão arrumar outro para iniciar uma nova relação de amor.

Falta pouco...

Abraço

 
On 18 de janeiro de 2010 14:40 , Sua vontade disse...

Cesar,

Apesar da dor pela separaçao,o gesto de vcs foi de amor. Vcs pensaram no bem estar da tartaruga em primeiro lugar, nao apenas em vcs.
Que Deus console e conforte o coraçao das suas filhas.

Abraçao, Neuzinha

 
On 20 de janeiro de 2010 08:49 , Família Ramos disse...

César, meu amigo, eu não conhecia esse seu lado Forrest Gump! :)

Abraços,
Alessander

 
On 20 de janeiro de 2010 09:02 , Erika e Reuel disse...

ola! entao vou colocar a foto do pr card sim...pra vcs verem!
um abraco

 
On 21 de janeiro de 2010 19:48 , Karin Sandri disse...

Olá César&família!
Que bom que vcs encontraram um novo lar para sua tartaruguinha. A gente se apega né? Mas com certeza ela ficará bem e fará outra família feliz. Quanto ao meu PRCard, hehee...de fato fiquei babando nele...é muito melhor do que os vistos, viu? É cheio de detalhezinhos...logo,logo vcs terão os seus em mãos e vão ficar babando também...ehhehe...
Abraços,
Deus os abençoe!
Karin Sandri

 
On 22 de janeiro de 2010 13:35 , Fabiane Camargo disse...

essa decisão é bem difícil ... eu imagino o quanto é triste a separação, mas nesse caso como vcs encontraram a pessoa certa então ... fiquem tranquilos...

 
On 23 de janeiro de 2010 17:04 , Cadê Canadá? disse...

eu só de olhar para a minha branquinha e pensar que não poderei leva-la de primeira, já encho os os olhos d'água!!!Mas, tenho que pensar de forma racional. Primeiro me estabeleço, depois busco a minha filhota!
Abraços
Carina

 
On 23 de janeiro de 2010 22:50 , vancouverdream disse...

Poxa César, que legal ter encontrado um lar pra ela. Pena ter que deixá-la pra trás...

 
On 24 de janeiro de 2010 21:10 , Erika e Reuel disse...

essas caixinhas sao uns amores neh...
eu amo pra passar o tempo!
um bjao pra vcs

 
On 25 de janeiro de 2010 14:43 , Sara e Vitor disse...

Fala meu amigo!

É impressionante como nos apegamos aos nossos animais de estimação. É duro ter que se separar deles, não é mesmo? Mas que bom que você encontrou uma boa pessoa.

Grande abraço,

Vitor

 
On 27 de janeiro de 2010 13:28 , THE GLS IN CANADA disse...

Ola Cesar, Não vou levar o meu gatinho. não vai dar, já vou sair daqui com tantas coisas na cabeça ,então vou deixar em casa mesmo, com meus irmãos e que espero que tomem conta direito. bjs